Load check on anchored curtains located in geotechnical hazard areas in the city of Rio de Janeiro

Keywords: anchored curtain, overload, durability.

Abstract

This article aims to investigate the load behavior on the tie rods of anchored curtain walls built to eliminate geological-geotechnical hazards on hillsides in the city of Rio de Janeiro. Taking into account increases in overload due to the growth in construction uphill of these structures and the end of their service lives, a simulation was conducted using the Plaxis computational system to estimate the loads on the tie rods of 20 anchored curtains after 50 years. Those results were compared with results obtained from residual load verification tests. The comparison shows that although the theoretical simulations indicate increases in loads over 50 years due to the additional overloads, the tie rods tend to lose load, even with increased overloads in the anchored curtains.

Downloads

Download data is not yet available.

Author Biographies

Alexandre Machado, Universidade Federal Fluminense

Supervisor de obras civis e de manutenção industrial desde 1992, trabalhando em empresas de grande porte, dentre elas a Mills do Brasil e em Construtoras como São Bento e CHZ e Bandeirantes. Em 2004, ingressou na Prefeitura do Rio de Janeiro através de concurso público (8º Classificado Geral). Na Coordenadoria Geral de Projetos, atuou na área de projetos e recuperação estrutural de Obras-de-arte Especiais. Concluiu o mestradoem Engenharia Civilna linha de Patologia, Recuperação e Reforço de Estruturas em 2005. O monitoramento, observação e a manutenção de estruturas são sua especialidade. Lecionou na Universidade Santa Úrsula na disciplina de “Resistência dos Materiais VI” em 2007 e na Universidade Geraldo de Biase (UGB) na disciplina de Mecânica dos Solos em 2010. Transferiu-se em 2010 para a Fundação Instituto Geotécnica do Rio de Janeiro (GEO-RIO), onde atua no gerenciamento da programação de monitoramento e serviços de recuperação de obras de contenção de encosta assim como na fiscalização de execução de obras de Contenção de Encosta e hoje é gerente de planejamento da diretoria de obras e projetos. Lecionou na Disciplina de “Estruturas de Contenção” do curso de Pós-Graduação em Engenharia Estrutural da Unisuam  

Luiz Carlos Mendes, Universidade Federal Fluminense
Professor Titular da Universidade Federal Fluminense, Escola de Engenharia, Departamento de Engenharia Civil. Possui a Graduação em Engenharia Civil pela Universidade Federal Fluminense (1981), Mestrado em Engenharia Civil pela Universidade Federal Fluminense (1986) e Doutorado em Engenharia Civil pela Universidade Federal do Rio de Janeiro COPPE (1993). Tem experiência na área de Engenharia Civil, em Estruturas de Concreto, atuando principalmente nos seguintes setores: Analise Estrutural, Concreto Armado, Estruturas Metálicas, Hastes Delgadas e Patologias das Estruturas. Atua como professor e pesquisador no Curso de Pós-Graduação de Engenharia Civil da Universidade Federal Fluminense, onde orienta diversas dissertações de mestrado e teses de doutorado. É autor de vários trabalhos em Congressos Científicos Nacionais e Internacionais. 

References

Abreu, M. (1988), "Evolução Urbana do Rio de janeiro". IPLANRIO. Rio de Janeiro: Ed. Jorge Zahar, 1988.

Amaral, C. P. (1996) "Escorregamentos no Rio de Janeiro: inventário, condicionantes e redu- ção do risco". Tese de Doutorado, Eng. Civil, PUC-Rio.

Andrade, T. (2005), "Tópicos Sobre Durabilidade do Concreto". In: ISAIA, Geraldo Cechella. (Ed) Concreto: Ensino, Pesquisa e Realizações. São Paulo: Editora Ibracon, V1. Cap. 25, p. 753-754, 761,762.

Associação Brasileira de Normas Técnicas (2014), "Projeto de Estruturas de Concreto – Procedimento, NBR – 6118". ABNT, Rio de Janeiro.

Associação Brasileira de Normas Técnicas (2006), "Execução de tirantes ancorados no terreno – NBR 5629". Rio de Janeiro.

Augusto Filho, O., Cerri, L. E. S., Amenomori, C. J. (1990a), "Riscos Geológicos: Aspectos Conceituais". In: Simpósio Latino-Americano Sobre Risco Geológico Urbano, 1, São Paulo, 1990. Anais... São Paulo: ABGE, pp. 334-341.

Bejinha, A. M. D. (2009), "Estruturas de Contenção Ancoradas Sujeitas a Ação Sísmica – Análise de Comportamento". Instituto Superior Técnico – Universidade Técnica de Lisboa.

Brinkgreve, R. B. J. (2002), "Finite Element code for Soil and Rock Analyses – Plaxis – 2D user’s manual". Rotterdam, Netherlands, Balkema.

Brinkgreve, R. B. J. (2017), "Plaxis – 2D manuals". Rotterdam, Netherlands, Balkema.

Censo do IBGE: https://censo2010.ibge.gov.br/materiais.html

Clifton, James R. (1993), "Predicting the Service Life of Concrete". ACI Materials Journal, v. 90, n. 6, p. 611-16.

Durval, R. (1992), "La Durabilité des armatures et du betón d’enrobage". Paris: Pressesde l’École Nationale des Ponts et Chaussées, p. 173-225

European Committee for Standardzation (CEN). "Betão: Parte 1 – Especificação, desempenho, produção e conformidade". EN 206-1, Portugal, 2007.

Farah, F. 2003, "Habitação e Encostas". Coleção Habitare/Finep. São Paulo/SP.

Figueiredo, Enio P., Helene, P. R. L. (1994), "Assim caminha a corrosão". Revista Téchne, v. 2, n. 10, p. 28-33, mai. /jun. 1994.

Georio (2014), "Manual Técnico de Encostas". Volumes 1,2,3 e 4, 2ª edição, Rio de Janeiro.

Helene, P. (1983), "La Agresividad del Medio y la Durabilidad del Hormigón". Asociación Argentina de Tecnología del Hormigón, p.25 – 35.

More, J. Z. P. (2003), "Análise numérica do comportamento de cortinas atirantadas em solos". Dissertação (Mestrado em Engenharia Civil) PUC-RIO.120f

Tschiptschin, A. P. (2011), "Método de Elementos Finitos Aplicado à Seleção de Materiais", USP.

Published
2018-01-31
How to Cite
Machado, A., & Mendes, L. C. (2018). Load check on anchored curtains located in geotechnical hazard areas in the city of Rio de Janeiro. Revista ALCONPAT, 8(1), 64 - 78. https://doi.org/10.21041/ra.v8i1.200
Section
Applied Research